Aeroporto de Bali segue fechado pelo terceiro dia seguido por conta do Agung | Mundo

O Aeroporto Internacional de Ngurah Rai, na ilha de Bali, permanecerá fechado nesta quarta-feira (29), pelo terceiro dia consecutivo, em consequência da nuvem de cinza que está sendo jogado pelo vulcão Agung e que os especialistas acreditam que pode antecipar uma grande erupção, informaram fontes oficiais.

O diretor da operadora do aeroporto, Yanus Suprayogi, acrescentou através de um comunicado que “devido às cinzas vulcânicas”, o aeroporto vai cancelar suas operações até a próxima quinta-feira (30).

Os dois primeiros dias de fechamento foram cancelados quase 900 voos, 445 na segunda (27) e 443 na terça (28), em Ngurah Rai e 31 voos no aeroporto da ilha de Lombok, no leste de Bali, atrapalhando mais de 100 mil passageiros.

A empresa Angkasa Pura, responsável pelo aeroporto, disse em outro boletim que pelo menos 1.297 turistas já viajaram de Ngurah Rai ou do terminal de ônibus Mengwi para Surabaia (ilha de Java) em veículos e navios.

No aeroporto de Surabaia, os bilhetes dos voos para Jacarta estão esgotados até dezembro e centenas de viajantes estão procurando rotas alternativas para retornar aos seus lares, de acordo com vários turistas.

O diretor de informações da Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNBP, sigla em indonésio), Sutopo Purwo Nugroho, afirmou nas redes sociais que a nuvem de cinza está a uma altura de 7,6 mil metros sobre o nível do mar.

Pelo menos 22 cidades próximos ao vulcão foram afetadas pela cinza, que se move para o sudoeste.

Trata-se da primeira atividade do vulcão desde 1963, quando a expulsão de magma durou quase um ano e causou mais de 1.100 mortos.

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.