Caetano Veloso visita exposição no Palácio das Arte e critica censura

O cantor e compositor Caetano Veloso visitou a exposição de Pedro Moraleida, no Palácio das Artes, que tem sido alvo de protestos de grupos religiosos e políticos. Ele fez um discurso político contra a tentativa de censura a artistas.

Caetano faz show hoje no Grande Teatro, junto com os seus filhos. Ele afirmou que a sequência de boicotes à exposições surge de políticos conservadores que querem  aproveitar da ignorância para buscar votos.

“Alguns políticos e alguns grupos políticos quiseram se aproveitar de forma demagógica pra enganar o povo. O povo fica assustado achando que nessas exposições  têm algum incentivo à pedofilia, mas não há. O que há aqui é arte”, afirmou.

O compositor baiano ainda afirmou que é de se preocupar que esses políticos estejam ganhando força a ponto de conseguir fechar mostras culturais. “Essa situação me preocupa e deve preocupar a todos. Algumas pessoas podem ser enganadas, pensando que essas pessoas estão querendo defender os bons costumes e a segurança da família, mas na verdade isso é um esboço de opressão. Se as pessoas aderirem a isso, nós temos uma ameaça de chegarmos a uma situação opressiva”, disse. Durante a ditadura militar, Caetano foi preso e exilado .

A exposição “Faça você mesmo sua Capela Sistina” , de Pedro Moraleida, tem sido alvo de protestos de grupos religiosos e políticos da bancada Cristã. Eles afirmam que a obra desrespeita símbolos religiosos e incentiva a pedofilia.

Desde o início da tentativa de boicote, no início da semana passada, a média diária de visitação passou de 150 para 400 pessoas.

 

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.