Emery analisa poucas chances de Lucas no PSG: “Difícil jogar com a concorrência” | futebol francês

Em entrevista coletiva antes da partida contra o Troyes, pelo Campeonato Francês, o técnico Unai Emery falou sobre a situação de Lucas Moura. Com apenas cinco partidas na atual temporada, o espaço para o brasileiro parece estar cada vez menor. O treinador destacou que a concorrência na equipe é maior e que, por isso, os jogadores sabem da dificuldade de atuar.

– Quando começamos a pré-temporada, conversamos com os jogadores sobre a nova situação da equipe e individualmente. A verdade é que, esse ano, fechamos com jogadores para dar um novo passo para a equipe, e é difícil jogar com a concorrência que queremos ter. Todos os jogadores conhecem a situação na pré-temporada. Quando começaram as partidas, todos os jogadores do grupo tiveram oportunidade, mas com dificuldade se a concorrência está bem. Nessa temporada, a concorrência no elenco é maior, assim como o desempenho – disse.

A participação de Lucas no time do Paris Saint-Germain é menor do que na última temporada, que não viu Neymar e Mbappé com a camisa do clube francês. Em 2016/17, o brasileiro só ficou fora de uma das 38 partidas pela liga – embora tenha saído do banco em várias ocasiões.

Nessa temporada, o investimento multimilionário da equipe parisiense fez Lucas ir para o banco. E apesar da preocupação de Emery em manter o mínimo de tempo de jogo para todos que estão no elenco, ele se diz feliz em contar com tantos craques à sua disposição. Além disso, acredita que os protagonistas são os jogadores, e não ele.

– Eu estou muito contente aqui. Quero contar com os melhores jogadores no elenco. Esse talento dos jogadores é muito importante para os nossos objetivos. Como treinador, eu tento organizar os talentos. Mas para mim, os jogadores são os protagonistas. O trabalho da comissão e do técnico é gerir bem as situações coletivas e individuais, assim como criar um padrão tático para as partidas para os jogadores mostrarem seus talentos coletivos e individuais com a equipe.

falar em talento, outro brasileiro ganhou muitos elogios do comandante do Paris: Daniel Alves. O lateral-direito é o titular da equipe, mas tem disputa boa pela posição com Meunier, incluido na lista de 50 melhores jogadores da temporada europeia pela Uefa. Ao falar sobre o reserva, Emery destacou a importância de Dani Alves para o clube e afirmou que sua personalidade faz com que até mesmo ele possa aprender com o brasuca.

– É um jogador que transmite no vestiário essa ambição e é por isso que é um jogador muito importante. Para os outros também. Eu acredito que é um tipo de um jogador que os outros podem aprender com ele. Eu também posso aprender com ele. Para mim, uma equipe com um jogador com Dani e outros que estão aqui é melhor. É por isso que eu quero aproveitar da experiência de um jogador como ele e que os outros também aprendam.

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.