Finanças, diretoria e resposta de Mano: o que reserva a semana no Cruzeiro | cruzeiro

Os bastidores agitados do Cruzeiro terão novos capítulos nesta semana. A equipe de transição da nova cúpula trabalha em várias frentes para poder conhecer a fundo o clube e, ao mesmo tempo, resolver situações no futebol. Nesta segunda-feira, por exemplo, espera-se a definição, em uma reunião pela manhã, da contratação de uma empresa de consultoria para auxiliar na transição. Já na sexta-feira, muito provavelmente, segundo apurou o GloboEsporte.com, Mano Menezes irá se reunir com Itair Machado e o presidente eleito, Wagner Pires de Sá, para responder se fica ou não na Toca da Raposa II.

Outra questão que poderá ser concluída diz respeito a contratação do novo diretor de futebol do clube. Segundo apurou o GloboEsporte.com, Marcelo Djian, ex-zagueiro que atuou no Cruzeiro no fim da década de 90, vem conversando com integrantes da nova cúpula da Raposa. O ex-jogador seria contratado para substituir Klauss Câmara, atual ocupante do cargo, que se encontrava no exterior na semana passsada.

Mano Menezes e o auxiliar Sidnei Lobo não devem ficar no Cruzeiro em 2018 (Foto: Guilherme Frossard)Mano Menezes e o auxiliar Sidnei Lobo não devem ficar no Cruzeiro em 2018 (Foto: Guilherme Frossard)

Mano Menezes e o auxiliar Sidnei Lobo não devem ficar no Cruzeiro em 2018 (Foto: Guilherme Frossard)

Mano Menezes voltará aos trabalhos, após o tratamento dermatológico, na próxima quinta-feira, ficando fora da partida contra o Grêmio, na quarta-feira, em Porto Alegre. Voltando a Belo Horizonte, ele tem um encontro marcado com a direção para resolver a ampliação de contrato, já que o atual vínculo vai até o fim deste ano. A tendência é que ele não permaneça para 2018, mas o treinador quer ouvir a proposta do novo presidente.

Mano sabe que o trabalho dele está valorizado no cenário nacional por causa do título da Copa do Brasil e deseja que isso seja levado em conta na negociação. Entretanto, assim como os jogadores, ele também vive a incerteza com a mudança nos nomes que integram o departamento de futebol cruzeirense. O futuro comando da Raposa sabe que o treinador é cobiçado por outros clubes e já trabalha com a possibilidade de buscar um nome no mercado. Entretanto, a prioridade é mantê-lo.

Contratação de uma consultoria

Antes da definição se Mano Menezes permanece ou não na Toca da Raposa, a equipe de transição definirá, em uma reunião nesta segunda-feira, a contratação de uma consultoria para auxiliar na transição e no conhecimento das finanças do clube. A situação foi confirmada pelo segundo vice da chapa de Wagner Pires, Ronaldo Granata, em conversa com a reportagem.

Ronaldo Granata falou sobre os próximos passos do trabalho de transição no Cruzeiro (Foto: Jaci Silveira / Cruzeiro)Ronaldo Granata falou sobre os próximos passos do trabalho de transição no Cruzeiro (Foto: Jaci Silveira / Cruzeiro)

Ronaldo Granata falou sobre os próximos passos do trabalho de transição no Cruzeiro (Foto: Jaci Silveira / Cruzeiro)

– Estamos trabalhando muito firme no processo de transição, ocorrendo tudo em paz e na serenidade que a gente espera. Essa análise (das finanças) não está pronta ainda, estamos esperando assumir efetivamente para realizar um estudo mais profundo e projetar. Mas estamos já buscando alternativas para a área. Isso vai ser definido na segunda-feira (a contratação de uma consultoria). Vai ser feito um planejamento a partir desta reunião.

Definição de nomes na diretoria

enquanto, está confirmado que Itair Machado será o homem forte do futebol, assumindo, a princípio, a função de vice-presidente de futebol, então ocupada por Bruno Vicintin. Hermínio Lemos, primeiro vice-presidente, cuidará da parte administrativa do clube. Granata ficará com as categorias de base, assumindo a posição hoje ocupada por Antônio Assunção, muito provavelmente. Marco Antônio Lage cuidará da parte institucional, sendo o cabeça das partes de comunicação e marketing, mas terá pessoas com cargo de gerência para auxiliá-lo.

– O Itair vai estar no futebol, o Hermínio vai estar na vice presidência administrativa e, provavelmente, eu vou para a Toca I, cuidar da divisão de base. Vamos definir o nome dos outros componentes ainda e vamos anunciar para todos. Mas ainda haverá uma reunião final, com o consenso de todo mundo, e a aprovação do presidente – explicou Ronaldo Granata.

Wagner Pires de Sá; Itair Machado; Cruzeiro (Foto: Reprodução/Instagram)Wagner Pires de Sá; Itair Machado; Cruzeiro (Foto: Reprodução/Instagram)

Wagner Pires de Sá; Itair Machado; Cruzeiro (Foto: Reprodução/Instagram)

Para o futebol, ainda falta definir o substituto de Tinga. É da vontade da nova diretoria que o próximo gerente de futebol tenha o mesmo perfil que o ex-volante cruzeirense, com o histórico de relação com o Cruzeiro e que tenha sido atleta. Ainda nesta semana, integrantes da futura gestão esperam se reunir com o supervisor de futebol, Pedro Moreira. É provável que ele também não continue no Cruzeiro. Nestas duas funções, Itair Machado irá trazer nomes de sua confiança.

Ainda em conversa com a reportagem, Ronaldo Granata também deu sua versão sobre o rompimento que teria ocorrido entre Gilvan de Pinho Tavares e a nova presidência. Segundo ele, assim como foi o discurso de Gilvan, nada aconteceu.

Granata também negou um racha entre Wagner e Gilvan (Foto: Guilherme Frossard)Granata também negou um racha entre Wagner e Gilvan (Foto: Guilherme Frossard)

Granata também negou um racha entre Wagner e Gilvan (Foto: Guilherme Frossard)

– Tanto que não houve que eu assisti ao jogo (contra a Ponte Preta) ao lado do presidente Gilvan, além do respeito que tenho pelo trabalho dele, porque é um grande presidente. Tenho um respeito e admiração muito grande pelo trabalho dele. Assisti ao jogo inteiro ao lado dele.

Sócio do futebol Cruzeiro (Foto: Divulgação/Cruzeiro)Sócio do futebol Cruzeiro (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

Sócio do futebol Cruzeiro (Foto: Divulgação/Cruzeiro)

Ouça todos os jogos do Cruzeiro -> AO VIVO

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.