Ídolo do Barcelona, Xavi surpreende ao apontar ‘melhor volante do futebol mundial’

Nesta segunda-feira, o volante Sergi Busquets foi bastante elogiado por um ex-companheiro de Barcelona. O também meia campista Xavi Hernández, ídolo do clube catalão escreveu para o site espanhol Marca, sobre como o jogador chamava sua atenção nos treinos e principalmente nos jogos que fizeram junto.

“A primeira vez que Busquets treinou connosco, vi que estávamos diante de um jogador especial. Eu não precisava ter nenhuma habilidade especial para saber que ia ser o melhor primeiro volante do futebol mundial, que é o que é hoje, mas os treinos que fazíamos eram uma prova infalível para perceber quais jogadores eram diferenciados e que iriam se destacar no futuro”, afirmou o ex-capitão do Barcelona.

Veja a programação do FOX Sports 

“Rouba uma quantidade enorme de bolas sem fazer faltas, pressiona com inteligência para fazer com que a equipe possa pressionar em cima sem medo, tecnicamente é muito bom, é ágil com os dois pés e com a cabeça, e é um operário na área, ao ponto de te fazer pensar como se atreve a fazer aquelas coisas. Faz tudo muito bem”, finalizou o volante.

Revelado pelo Barcelona, Busquets estreou pelo clube em 2008 e desde então é titular absoluto do time catalão. Foram 440 atuações e apesar de a equipe ter durante esses dez anos jogadores de alto nível no meio campo, Sergi sempre foi o homem de confiança dos treinadores, principalmente de Pep Guardiola, que afirmava que o jovem era uma das joias do Barcelona.

Saiba mais:

Walter fala sobre o São Paulo

PSG quer dois goleiros

Barça tem plano por Griezmann

Atualmente no Al Sadd, do Catar, Xavi já anunciou que pretende encerrar sua carreira em 2018, e que pretende tentar no futuro ser treinador. Como jogador, o meia foi um dos maiores jogadores não só do Barcelona como da seleção espanhola. Pelo clube catalão foram 767 partidas disputadas e 84 gols marcados, além de incríveis 40 títulos conquistados, destaque para as quatro Liga dos Campeões, nas edições 2005/2006, 2008/2009, 2010/2011 e 2014/2015.

Já pela seleção da Espanha, o jogador ganhou a medalha de prata na Olimpíada de 2000, realizada em Sydnei, na Austrália. Além da premiação, conquistou a Eurocopa em 2008 e 2012 e a Copa do Mundo em 2010, título mais importante da história da Roja.

(Crédito da imagem: Agência AFP)

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.