No banco do PSG, Pastore estaria em ‘contato regular’ com gigante espanhol

REMY GABALDA/AFP/Getty Images

Pastore está desde 2011 no PSG

Javier Pastore pode estar de saída do Paris Saint-Germain. O meia, que perdeu espaço na rotação do time francês após as chegadas de Neymar e Mbappé, já teria feito o pedido para deixar o clube em janeiro, quando abre a próxima janela de transferências do futebol europeu. Segundo o L’Équipe, o jogador inclusive já estaria apalavrado com o Atlético de Madri.

O argentino estaria em “contatos regulares” com o time espanhol, cujo treinador, Diego Simeone, é seu compatriota e gostaria muito de vê-lo atuando pelos colchoneros. A negociação, por mais que não seja do interesse do PSG, poderia contribuir para que o time da capital francesa se mantenha nos limites do fair play financeiro estabelecido pela Uefa, entidade maior do futebol europeu.

Pastore chegou ao Parque dos Príncipes em 2011, contratado junto ao Palermo por 42 milhões de euros. Após seis temporadas, o meia acumula 43 gols em 243 partidas disputadas pelos parisienses. Em vias de fazer as malas e trocar de ares, visando uma convocação para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, o jogador vem despertando o interesse de diversas equipes do velho continente. Além do Atlético de Madri, Inter de Milão e Roma estariam entre os interessados.

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.