Notícias ao Minuto – Confessou ter morto namorado mas agora diz que foi em legítima defesa

A comerciante Olívia Magiotti, de 24 anos, presa preventivamente desde a última sexta-feira, alegou ter golpeado o namorado, Leonardo Melo, de 29 anos, com uma facada no peito, em legítima defesa.

O depoimento contraria declaração da jovem no momento em que foi apanhada em flagrante, quando admitiu o crime à Polícia Militar. A Polícia Civil revelou, este sábado, que a suspeita, que está presa preventivamente na prisão de Pouso Alegre, deve mesmo ser indiciada por homicídio.

“No local, a Olívia já assumiu a autoria do fato”, disse o comandante do batalhão da Polícia Militar, Juliano Ricardo Costa, ao G1. Leonardo chegou a ser socorrido, mas faleceu ainda em casa da namorada. Advogado da detida, Luis Carlos Delfino, informou que pretende entrar com um pedido de habeas corpus amanhã.

Namorados há três anos, Olívia e Leonardo tinham um histórico de discussões violentas por ciúmes. Na sexta-feira, os dois entraram em conflito depois de a vítima ter saído com amigos. Testemunhas disseram à polícia que a discussão começou numa troca de mensagens.

Matheus de Castro Veiga, amigo de Leonardo, declarou que “quando dava atrito, às vezes, ela agredia-o e ele agredia-a também, trocavam socos”. 

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.


Google Play Download

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.