O preço dos ingressos do Lollapalooza Brasil está fora da realidade dos grandes festivais?

Uma das principais discussões sobre o Lollapalooza Brasil 2018 tem sido o preço dos ingressos, considerado abusivo por fãs — que podem ter que pagar até R$1750 para aproveitar os três dias do festival.

+ Análise: Lollapalooza acerta ao investir em grandes nomes do rap internacional

Neste ano, o evento oferece a chamada “meia-entrada social”: qualquer pessoa pode adquirir a meia-entrada se doar R$30 para o projeto Criança Esperança, no ato da compra.

SHAC - SAO PAULO 12/03/2016 - CADERNO 2 / FESTIVAL LOLLAPALOOZA - Primeiro dia do festival Lollapalooza - Foto: Serjao Carvalho / ESTADAO

Lollapalooza Brasil ocorre novamente no Autódromo de Interlagos. Foto: Serjão Carvalho/Estadão

Nesta segunda-feira, 9, foi noticiado que a UNE e outras entidades estudantis estão processando o festival, dizendo que o evento está burlando a leia da meia-entrada. O argumento é que o preço do ingresso subiu 63% de 2017 para 2018. As informações são da coluna de Monica Bergamo, no jornal Folha de S. Paulo.

+ Veja o line-up completo do Lollapalooza Brasil 2018

Em 2017, o Lolla Pass (para dois dias) custava R$800 no primeiro lote (portanto, R$400 por dia). Em 2018, também no primeiro lote, o Lolla Pass (para três dias) custava R$1300 (R$433 por dia) — um crescimento, portanto, de 8,25% para o ingresso de cada dia.

O Lollapalooza Brasil 2018 ocorre nos dias 23, 24 e 25 de março, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, e tem como principais atrações Pearl Jam, Red Hot Chili Peppers, The Killers, Lana Del Rey, LCD Soundsystem e Chance The Rapper.

Para fazer uma comparação (simplificada, que não vai levar em conta variáveis complexas e fundamentais como custos de logística e tributação, por exemplo), separei o preço de diversos festivais semelhantes ao redor do mundo.

A comparação pode ser injusta por vários motivos (desde a qualidade do line-up até as diferentes experiências de festivais), mas deve dar uma ideia geral das faixas de preços para grandes eventos de música com perfil parecido ao Lollapalooza Brasil. Foram considerados os preços de primeiro lote para cada festival, e claro que eventualmente existem outros gastos (acampamento, transporte, etc).

A conversão de moedas foi feita pelo site do Banco Central do Brasil nesta segunda, 9/10/2017.

Lollapalooza Brasil 2018 (1.º lote)

R$1.300 / R$680 / R$650 + taxas (três dias)

dia: R$433 / R$226 / R$216

Rock in Rio 2017

dia: R$455 / R$227,50 + taxas

Lollapalooza Argentina 2018

$4990 + taxas (três dias) | R$901

dia: R$300

Lollapalooza Chile 2018

$201.600 (três dias) | R$1006

dia: R$335

Estéreo Picnic 2018 (Colômbia)

$495.000 + taxas (três dias) | R$533

dia: R$177

Glastonbury 2017 (Inglaterra)

£238 + £5 (cinco dias) | R$1.004

dia: R$200

Bonnaroo 2017 (Tennessee, EUA)

US$ 274,50 + taxas (quatro dias) | R$868

dia: R$217

Governor’s Ball 2017 (Nova York, EUA)

US$305 + taxas (três dias) | R$965

dia: R$321

Primavera Sound 2018 (Barcelona)

€150 + taxas (quatro dias) | R$556

dia: R$139

Coachella 2018 (Califórnia, EUA)

US$429 + taxas (três dias) | R$1.357

dia: R$452

*

O Lollapalooza Brasil está atualmente no terceiro lote de ingressos, que custam de R$750 a R$1750. Veja aqui mais informações.

*

O post não pretende ser conclusivo, mas propor uma discussão. Pelos valores acima, parece que o Lollapalooza Brasil está na média de preços dos grandes festivais mundo afora. Em breve, voltamos à discussão do line-up (muito mais interessante, vai).

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.