Reino Unido e UE têm acordo sobre conta do Brexit, diz jornal

O jornal afirma, citando fontes, que a primeira-ministra do Reino Unido aceitou pagar entre 45 bilhões e 55 bilhões de euros para deixar a UE

EFE



28 nov 2017, 17h59 – Publicado em 28 nov 2017, 17h13

Londres – Os negociadores do Reino Unido e da União Europeia (UE) chegaram a um princípio de acordo sobre o valor que os britânicos deverão pagar para deixar o bloco europeu, revelou nesta terça-feira o jornal “The Telegraph”.

O jornal afirma, citando fontes dos dois lados da negociação, que a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, aceitou pagar entre 45 bilhões e 55 bilhões de euros para deixar a UE.

O número final ficará deliberadamente em aberto e dependerá da metodologia utilizada para calculá-lo.

Segundo o jornal “Financial Times”, o Reino Unido está disposto a aceitar a responsabilidade do pagamento de obrigações de 100 bilhões de euros para a UE. Mas o valor líquido dessa dívida, distribuída em diversas décadas, devem representar menos da metade da quantia.

May espera que a UE aprove o início da segunda fase do diálogo sobre o “Brexit” em uma reunião marcada para os próximos dias 14 e 15, quando será debatida a futura relação comercial entre as partes.

Os 27 países-membros da UE afirmam que esse passo não será dado se não houver “avanços suficientes” em três questões da separação: a conta da saída, os direitos dos cidadãos e o status da fronteira entre Irlanda e Irlanda do Norte.

Um porta-voz do Ministério para a Saída da UE do Reino Unido afirmou hoje que o diálogo entre as partes continuará ocorrendo nesta semana e que os dois lados esperam chegar a um acordo.

Nos últimos dias, o status da fronteira irlandesa tem voltado a se tornar um empecilho para avançar nas negociações.

O comissário europeu para Agricultura e Desenvolvimento Rural, Phil Hogan, alertou nesta semana que Dublin pressionará para vetar esse avanço se o Reino Unido não der garantias da instalação de controles fronteiriços após o “Brexit”.

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.