Tite chega à Rússia para sorteio da Copa e se assusta com trânsito

ALEX SABINO E SERGIO RANGEL, ENVIADOS ESPECIAIS

MOSCOU, RÚSSIA (FOLHAPRESS) – O técnico da seleção brasileira, Tite, ficou impressionado com o trânsito da capital russa.

A delegação brasileira que chegou a Moscou nesta quarta (29) demorou três horas e 20 minutos desde que desceu do avião até chegar ao hotel.

Tite ficou duas horas no engarrafamento.

O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, não integra a delegação. O dirigente não sai do Brasil desde que foi acusado pelo FBI de participar do escândalo de corrupção na Fifa. Ele teme ser preso.

O Brasil escolheu ficar concentrado durante a Copa em Sochi, à beira do Mar Negro, a 1.500 km da capital. Se for sorteado para o Grupo B, a seleção fará a estreia na cidade.

Tite participa do seminário técnico realizado pela Fifa nesta quinta (30). Após o sorteio, ele visitará as cidades em que o Brasil jogará na primeira fase do Mundial.

Na quarta à noite, Tite jantou no hotel e encontrou outros técnicos que participarão do torneio.

O treinador Jorge Sampaoli, que comanda a Argentina, disse em sua chegada à Rússia que o Brasil é um dos favoritos a conquistar o título.

“Brasil tem muita força em tudo e tem Neymar. Ele é espetacular”, disse o argentino, que também elogiou as seleções da França e da Alemanha.

O sorteio dos grupos da Copa será nesta sexta (1º), às 13h (de Brasília). O Brasil será cabeça de chave.

Está definido apenas que a Rússia, anfitriã, ficará no Grupo A.

Uma das regras prevê que duas seleções da mesma confederação não poderão dividir um grupo, com exceção das europeias. O limite para os europeus será de dois times por chave.

Todos os Direitos Reservados a(o) criador(a) deste conteúdo. Acesse o link original.